quarta-feira, 13 de maio de 2015

Cultivar cogumelos comestíveis em casa é possível, viável e divertido

Cogumelos comestíveis são excelentes fontes de nutrientes, estimuladores do sistema imunológico, etc....principalmente fonte de proteína: carne de boi 18% de proteína enquanto cogumelo 24%) praticamente os cogumelos podem ser a "carne" dos vegetarianos. Os brasileiros ainda não têm o hábito de consumo de cogumelo comestível no seu dia-a-dia por uma questão cultural e outra financeira(eles ainda são caros).Decidi unir o útil ao agradável como se diz...além da diversão
(adoro cultivar) posso aumentar a fonte de alimento da minha família gastando muito pouco e tendo o priviléagio de comê-los fresquinhos e livres de agrotóxicos, além do que muitos produtores usam formaldeídos, uma substância que faz um mal terrível à saúde.

foto ilustrativa:fonte Wikipédia
 
Shitaki,Shimeji(mais consumidos na culinária oriental),Pleurotus Rosa(fica ótimo e lindo em molhos vermelhos,champion(esse todo mundo conheçe por causa do strogonof) etc......são algumas variedades que cultivo .
 
A foto abaixo é de um lote que ainda está em fase de incubação(quando o micélio está ainda se ramificando por todo o saco de substrato).
Em um post específico colocarei fotos do passo a passo de como podemos cultivar cogumelos comestíveis em casa sem maiores complicações ou investimentos dispendiosos.
Não há muita literatura sobre este tipo de cultivo disponível no Brasil. utilizo o método de cultivo denominado jun-cao(os cogumelos são cultivados em substrato(geralmente à basede capim ou serragem contidos em  sacos plásticos) preparados de uma certa maneira:é claro que existe um método para se fazer este procedimento visando o sucesso no cultivo. O que encontramos sobre este assunto são algumas matérias sobre o cultivo m escala comercial .....nada adaptado ao cultivo doméstico(coisa que europeus e americanos já fazem há um tempão até em banheiros ou võas de escadas, pasmem!). Então eu tive de estudar muito e fazer várias experiências até chegar a um método ao meu alcance, práatico e viável (que não me ocupasse muito nem fosse dispendiosso financeiramente falando)....e consegui finalmente........daqui as uns 15 dias começará o período de frutificação(colheita) dos meus cogumelos desta safra que agora está ibernando( na foto). Então na época de frutificação é que farei o post do passo a passo com fotos reais do meu dia de produção que começa com o recolhimento da principal matéria prima: o capim/substrato(falando mais carinhosamente....que será a caminha ou o ninho dos cogumelos) . Algumas pessoas que visitaram minha (pequena por enquanto)sala de cultivo já me perguntaram: Aonde você conseguiu tanto capim para encher todos esses sacos?
Obviamente que não tenho uma fazenda....mas nem por isso não tenho mato ao meu alcance.Aliás mato é o que menos falta nesta cidade bem mal administrada. Então só tenho de atravessar a rua com uma foiçinha à mão ou  como fiz no mês passado: aproveitar o período de limpeza urbana e recolher o mato(braquiária:os cogumelos adoram) que o serviço de limpeza público finalmente veio realizar na praça em frente a minha casa. Isto também é  sustentabilidade. Dei um fim produtivo para algo que normalmente é descartado e considerado inútil. 

Foto acima: Na cozinha da minha casa(esta fase é o de inoculação:quando a gente ensaca o capim tratado e coloca dentro as sementes de cogumelos que escolhemos). Nesta fase tudo(mesa e objetos que fazem parte do trabalho, devem estar esterilizados, também devemos estar de luvas e máscara). Não é nada tipo bicho de 7 cabeças(como diz o ditado popular). Não precisamos estar num laboratório absurdamente($$$$) equipado como indicado em literaturas(a não ser que sejamos produtores de sementes).Não é o meu caso.
 
Foto abaixo: Eu tinha acabado de atravesar a rua e captar o mato cortado. Estou neste momento(vestida de caipira conforme manda o figurino da roça,neah...olha o chapeú de palha da festa junina  do ano passado....rs.rs...adoro! Me sinto mesmo numa fazenda...em miniatura.é claro...mas esta é minha..não é do BNDS.rs,rs,rs......



 Obs. reparem do meu lado ao fundo...está o meu extrator( de inox) de óleo essencial(sem óleo essencial) não se pode fazer bons perfumes como os famosos franceses por exemplo)...foi uma verdadeira saga aprender esta atividade(foi tipo carreira solo porque só encontrei europeus e indianos que fazem isso comumente) (mais adiante farei post especial desta atividade).....neste dia eu estava também extraindo óleo de citronela(somente o óleo essencial e verdadeiro faz realmente o efeito de afugentar o mosquito da dengue...a moita de citronela está do meu outro lado ao fundo da foto )..não é mato não como pensam as minhas amigas criadas em apartamentos que achavam que melancia dá em árvore,rs,rs,rs,.....
....a parreira de uva sob a minha cabeça......meu chodó.....
O meu quintal pra quem não conhece muitas plantas até parece um matagal desordenado...mas tudo lá tem uma função e cada planta tem uma história, uma saga pra eu conseguir, e uma origem chiquérima como dizem minhas amigas(Ou veio da Índia, Inglaterra, Rússia, França.....Amazônia e por aí vai).... 
 

 Aqui...abaixo.....uma das prateleiras da salinha de cultivo nos fundos da minha casa, os sacos já inoculados estão ibernando no período de colonização e desenvolvimento pleno do micélio(ramificações que darão origem aos cogumelos) estes sacos ficarão branqinhos ao ponto de não vermos mais o marrom dos capins como vemos na foto agora. O local para esta finalidade(cultivar cogumelos deve ser protegido da chuva e do sol,mas não precisa ser de muito investimento.Aliás nem precisa ser de alvenaria (tipo um quartinho como o meu) pode ser também uma espécie de barraca feita de madeira e lona plástica.  Pode-se aproveitar também o vão de uma escadaria
lá, geralmente é escurinho e proporciona a temperatura desejada para este cultivo.

Aguardem as postagens com fotos da frutufificação(colheita) e dos pratos que vou preparar com os cogumelos desta safra.....uhmmminhaamiahmmm

Nenhum comentário:

Postar um comentário